Em meio aos Dilemas - A Paz


21 de Junho 2020

Compartilhe!!!


 

 

Em meio aos dilemas – A Paz

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus”. Filipenses 4:6,7

O que tem tirado a sua paz? Os problemas? As dificuldades financeiras? Um NÃO  que você recebeu da vida? A pandemia? Uma doença? O que tira a sua paz?

"Me deixe em paz!" Essa é uma frase usada diversas vezes para tirar alguém de perto, fazer com que alguém se afaste. Pense, é isso que você tem buscado dizer as dificuldades da sua vida que 'tiram a sua paz'?

E se eu te dizer que se essas coisas, ou até outras, estão tirando a sua paz, então, você ainda não possui uma paz verdadeira!? Se sua paz é afetada por pessoas ou acontecimentos, isso que você possui pode ser tranquilidade, calmaria, sossego ou coisas desse tipo, mas não é paz verdadeira!

Nem doença, nem problemas financeiros, nem pessoas, nem mesmo os 'NÃOS' que a vida traz, nenhuma adversidade pode nos tirar a PAZ QUE EXCEDE TODO O ENTENDIMENTO!

Quando a nossa paz vem do próprio Deus nada, nem ninguém, nesse mundo pode tirar isso de nós! Começamos nossa reflexão hoje sabendo disso!

Que paz é essa então? Como compreender e viver nessa paz que vem do próprio Deus?

Quando Paulo diz para os Filipenses que é a paz que excede todo o entendimento, ele já está mostrando que nós seres humanos não conseguimos explica-la com nossas palavras. Nem todo conhecimento do mundo pode alcança-la ou explica-la com palavras humanas!

Talvez por isso essa PAZ É UM DILEMA – Afinal: Como ter paz em um mundo tão mau? Tão corrompido pela maldade, egoísmo, vaidade e daí por diante?

Muitos tem buscado a famosa paz interior, ou paz de espírito. Essa é uma compreensão muito comum nas religiões orientais e cármicas.

Vamos olhar uma definição do que é essa paz de espírito: “Podemos sintetizar dessa forma: paz interior é um estado em que nosso equilíbrio mental está em acordo com o entendimento universal. Em suma, significa que temos dentro de nós mesmos as ferramentas para lidar com as adversidades. Assim, essa habilidade se dá por meio do controle da mente. Isso também possibilita um bloqueio aos efeitos de qualquer estresse por fator externo. Dessa forma, nada nos atinge”.

A questão aqui é basicamente o seguinte: você consegue sozinho ter paz é só saber se controlar, controlar sua mente e sentimentos. O que você acha disso? Bom, eu tenho muita certeza de que nós seres humanos não somos capazes de alcançar paz verdadeira com nossas próprias forças. Muito pelo contrário, nós sempre caímos no nosso orgulho, deixamos o nosso eu falar mais alto e até podemos viver uma falsa paz, mas em algum momento isso desmorona.

O ser humano sempre quis se virar sem Deus. A criatura desde o pecado lá no jardim, tenta fazer tudo sozinha, afastando-se do criador.  E olhando o nosso mundo hoje, você acha que chegamos a algum lugar? Veja toda a fome no mundo, todas as guerras, todo ódio, toda raiva. Vendo tudo isso se pergunte: o ser humano consegue obter paz sozinho?

Perceba, é muito importante pensarmos em coisas que nos levam adiante, que nos levam ao amor e por aí vai, temos sim que olhar para aquilo que passa em nossa cabecinha e perceber se é algo bom ou ruim e cuidar com isso. Mas alcançar a paz, isso está fora do alcance humano.

O que fazer então?

A paz, assim como o amor, nós encontramos não em nós mesmo, paz não é autocontrole, paz não é ausência de conflitos, paz nem mesmo é sentimento. A paz está em uma pessoa:

“Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo. Pois ele é a nossa paz”. Efésios 2:13-14

Quando estamos próximos a ele temos paz. Quando nosso primeiro e principal relacionamento é com Cristo então temos uma paz que nada nem ninguém pode tirar de nós. O sangue de Jesus que escorreu em uma cruz nos trouxe paz com aquele que nos criou e paz com o nosso próximo.

E como recebemos essa paz?

“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo”. João 14:27

Paz não é conquista pessoal, paz não é mérito, paz é presente, é dádiva.

Aquele que é a paz te presenteia com a vida dele. Ele quer morar em ti, no seu coração, na sua mente, nos seus pensamentos, nos seus sentimentos. Quando Jesus diz “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. Apocalipse 3:20 É a própria paz pedindo para entrar na sua vida e fazer morada. Se em Jesus está a paz, ao morar em ti e ser o centro da sua vida a paz verdadeira estará sempre contigo.

Jesus está dizendo: Eu deixo com vocês a minha paz! E estou dando pra vocês! É um presente! Basta estar comigo. E lembre, essa paz de Cristo não é a paz que o mundo dá.

O mundo nos oferece de duas formas a paz: 1 - Como eu li antes, a paz interior, na qual nada dos problemas externos vão te atingir, você vai ser imune a tudo, uma paz que depende totalmente de você do seu esforço, e quando você cansar, quando não aguentar mais, a paz se vai, e aquele muro entre você e tudo a sua volta caí por terra; 2 - outra proposta de paz que o mundo busca é a ausência de conflitos, uma paz que só é possível alcançar quando tudo está muito bem, tudo perfeito, lindo e maravilhoso, ou como diz uma música que eu gosto muito, quando tudo está: CALMO, SERENO E TRANQUILO!

Mas ambas essas propostas de paz se diferem da Paz Bíblica. A primeira por que coloca o ser humano no centro, dizendo que ele é capaz e a segunda por depender de fatores externos, do acaso, dos acontecimentos, por ser uma paz frágil.

A paz com a qual Jesus nos presenteia é aquela que vem dele, do amor dele por nós, e que passa a habitar em nós quando ele habita em nós, quando verdadeiramente confiamos nele. A paz que Jesus nos dá é aquela que persiste e está conosco mesmo quando tudo está mal, mesmo quando há muito sofrimento.

A paz que Cristo nos dá independe das circunstâncias. Ela é um presente que permanece conosco e nos faz compreender que tudo e todos estão de debaixo do poder e da soberania de Deus. 

Você compreende agora o que verdadeiramente é paz? Quer viver nessa paz? 

Então confie todas as áreas da sua vida à Cristo, inclusive aquelas que te assustam, que te tiram o sono, que te fazem chorar e pensar em desistir. Confie! E viva com esse lindo presente de Deus para você! A paz de Cristo, a paz que excede todo o entendimento!