"Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível." - Efésios 5:27

Pr. Valmir Ropke

Pastor Geral

bootstrap modal form

EU + MINHA IGREJA

Quando falamos da Igreja, não estamos nos referindo ao prédio, mas sim, às pessoas que creem em Jesus. Igreja é a assembleia daqueles que são “chamados para fora” do mundo; que são convocados a proclamar o evangelho da salvação ao mundo. Ela é o Corpo de Cristo, formado pelos que creem em Jesus como Senhor e Salvador.

A Igreja tem vida, ordem e é uma instituição em constante movimento.


A Igreja é Universal

Ela é formada pelos que creem em Cristo de todos os povos, e denominações cristãs, incluindo os que já dormem em Cristo. Ela é formada por cristãos que formam o corpo de Cristo. “Assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com respeito a Cristo” (I Coríntios 12.12). Mas tem o seu chamado para ser “santa e sem defeito” (Efésios 5.27).


A Igreja local é visível aos seus membros 

Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas. Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos” (Atos 2.41-47).

A Igreja, é constituída por pessoas salvas, unidas em torno de Cristo. “Os que aceitaram a mensagem foram batizados” (Atos 2.41). A igreja é centrada em Cristo, no ensino, na comunhão e na partilha.

Tudo isso acontecia com e tremor diante de Deus. “Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos” (Atos 2.43). A igreja precisa ser aperfeiçoada e ter cuidado uns aos outros. Para aqueles quem estejam de fora queiram entrar e se ajuntar a nós, que já somos parte do corpo de Cristo. “Tendo a simpatia de todo o povo”.

A Igreja, reúne os irmãos nas diferentes celebrações. Isso acontece através de cultos, eventos e nos encontros dos Pequenos Grupos. “Todos os dias, no templo e de casa vem casa” (Atos 5.42). A igreja existe, e você faz parte dela pela graça de Deus. Você, se sente parte da Igreja? Meu querido, hoje é dia de você dizer eu quero expressar minha gratidão por ser salvo no Senhor. Através de palavras e atitudes concretas.


 A Igreja local como organização, ela tem ordem

Para o bom funcionamento da instituição igreja, é necessário que haja normas e regulamentos. “Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz” (I Coríntios 14.33). Esta organização se dá pelas pessoas que fazem parte dela, para tanto, a Igreja tem direção humana.

Essa organização é nossa responsabilidade, onde cada um precisa se dispor. Tudo isso, em sintonia a vontade do Pai e em concordância com os irmãos para o bom funcionamento da Igreja.


A Igreja e os recursos financeiros

Dízimos, são os 10% que dedicamos a Deus, referente a tudo que recebemos dele por meio de nosso trabalho ou qualquer outra fonte de renda. Tudo é dele – o que Ele nos pede é que o honremos em nossa vida financeira, através dos dízimos. Como isso dizemos: o Senhor é o primeiro em minha vida, não meu dinheiro nem eu mesmo. Os outros 90% é a quantidade que Deus permite que usemos para nossas necessidades e administração própria.

Os recursos próprios para propagação do Reino de Deus, é uma resposta a um convite de bênção na vida do servo de Deus. “Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa” (Malaquias 3.10). A contribuição ela deve ser uma atitude de gratidão a Deus. “Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria” (II Coríntios 9.7).

Você, como parte da Igreja tem entendido o seu chamado e vocação? Tem entendido que devemos ser fiéis na contribuição financeira para que a comunidade possa ser bem-sucedida. Através da sua generosidade, o seu planejamento financeiro e suas responsabilidades estão interligados e tem usados para honrar a Deus.


Perguntas de edificação para os encontros dos PGs
1. Como você poderia ajudar sua Igreja local a ser mais parecida com a Igreja Primitiva em Atos?
2. Como você pode ajudar para o bom funcionamento de sua Igreja?
3. Como o seu Pequeno Grupo e a sua Igreja local podem crescer em número cada vez maior?

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br