“Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a palavra de Deus.” (Atos 4.31)

Pr. João Carlos

Pastor Auxiliar

bootstrap modal form

MANIFESTAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

Esse texto fala da manifestação de Deus na terra por meio do Espírito Santo no dia de Pentecoste. Essa manifestação trouxe bênçãos para vida daqueles discípulos e consequentemente para vida da igreja. Esse derramamento do Espírito Santo não foi algo produzido pela vontade humana, mas foi uma manifestação do céu na terra.                                                                                                                                                                     
Mas, será que essas manifestações de Deus se restringiram apenas ao passado? Será que Deus age hoje, no presente? Será que Deus se manifesta aos discípulos deste século? Deus tem se manifestado de forma clara, contundente, inconfundível e indiscutível. E nós precisamos fazer parte deste mover de Deus.

O que acontece quando Deus se manifesta?

Quando a presença de Deus é manifesta…

1. Um DESPERTAMENTO espiritual é PRODUZIDO. O texto que lemos fala que o Espírito desceu e a igreja foi impactada, impulsionada, estimulada para um viver extraordinário na presença de Deus. A igreja foi espiritualmente despertada e isso fez toda a diferença. Observe o resultado desse acontecimento na vida dos discípulos:

Na pregação de Pedro:
“Portanto, que todo o Israel fique certo disto: Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo… Quando ouviram isso, ficaram aflitos em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: Irmãos, que faremos? Pedro respondeu: Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo… Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus, chamar… Com muitas outras palavras os advertia e insistia com eles: Salvem-se desta geração corrompida!… Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas.” (Atos 2.36-41)

Outro momento importante fruto desta manifestação:
“Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a palavra de Deus.” (Atos 4.31) Nenhuma igreja vive sem a manifestação da presença de Deus. Pode nos faltar tudo, o que não pode nos faltar, é a presença de Deus.

Por isso, o que precisamos com urgência é o fogo do Espírito ardendo em nossos corações. O fogo que atrai. O fogo que motiva. O fogo que purifica. O fogo que ilumina almas apagadas. O fogo que incendeia corações dormentes.

Quando a presença de Deus é manifesta um despertamento espiritual está sendo produzido. E esse despertamento que está sendo produzido é uma benção não somente para os discípulos do Reino de Deus, mas também para aqueles que estão à sua volta. Com esse derramamento do Espírito os discípulos foram despertados para pregar a mensagem do Reino e três mil pessoas foram beneficiadas com o mover de Deus através da mensagem pregada por Pedro.

Em nosso tempo, o que esse despertamento espiritual produz na vida da igreja? Este despertamento produz:

• Maior interesse pelas coisas de Deus.

• Maior desejo de conhecer e se relacionar com Deus.

• Maior busca pela vontade de Deus.

Quando a presença de Deus é manifesta…

2. Uma vida INCOMUM é liberada.
Quando Deus se manifestou e o seu Espírito tomou a vida das pessoas elas passaram a viver de forma extraordinária. A maneira de viver daqueles irmãos fora afetada de forma positiva por essa visitação:

“Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações… Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos… Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum… Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade… Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração… louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos (Atos 2.42-47)

Este estilo de vida era fruto da presença manifesta de Deus. É quase que inacreditável que vidas tão comuns se tornaram vidas tão incríveis. Vidas que transformaram, incendiaram, impactaram o mundo todo.

Como tem sido a sua vida? Que vida você tem vivido? Na sua vida há um “Q” de extraordinário? Precisamos nos preocupar com vidas que não crescem. Vidas que não se transformam. Entra ano e sai ano e nada muda. Não há progresso. Não há evolução espiritual. Não há compromissos novos. No entanto, quando Deus se manifesta na vida de alguém, Ele transforma essa pessoa em um novo ser. Um encontro com o Espírito Santo realmente muda tudo em nós. Muda nosso comportamento, pensamento e coração.

“Ao hospedar o Espírito Santo em nossa vida, o Pai está gerando no interior de seus filhos uma atmosfera celestial.”

Se uma atmosfera celestial está sendo gerada dentro de mim, é impossível que minha vida não seja afetada por isso. Quando isso acontece. O que é comum em mim passa a ser incomum. Esse é o estilo de vida que Deus deseja para nós. Porém, esse estilo de vida não é fácil de ser alcançado por aqueles que desejam viver desta forma. Requer renúncia, votos, rendição, santidade, obediência e total entrega para se viver essa realidade de vida.

Por isso, é preciso desejar viver uma vida incomum e passar para o extraordinário.   Três coisas que vão conduzi-lo a uma vida incomum: 

• O Espírito Santo de Deus dentro de você.

• Viver uma vida de arrependimento sincero e honesto, retorno à Santidade, obediência a Deus e a Sua Palavra.

• Ter o compromisso de oração na busca de uma vida incomum. Se quisermos viver essa vida incomum, temos que mudar nosso estilo de vida para que a presença manifesta do Senhor se eleve sobre nós.

Nunca se esqueça: “Manter vivo o impacto de uma experiência sobrenatural com Deus é algo que depende de nós.”

Quando a presença de Deus é manifesta…

3. Um AMBIENTE de MILAGRES é inaugurado.

Quando o Espírito desceu e Deus se manifestou, a igreja primitiva experimentou um período de milagres maravilhosos. “Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos.” (Atos 2.43)

“Os apóstolos realizavam muitos sinais e maravilhas entre o povo. Todos os que creram costumavam reunir-se no Pórtico de Salomão… Dos demais, ninguém ousava juntar-se a eles, embora o povo os tivesse em alto conceito… Em número cada vez maior, homens e mulheres criam no Senhor e lhes eram acrescentados, de modo que o povo também levava os doentes às ruas e os colocava em camas e macas, para que pelo menos a sombra de Pedro se projetasse sobre alguns, enquanto ele passava… Afluíam também multidões das cidades próximas a Jerusalém, trazendo seus doentes e os que eram atormentados por espíritos imundos e todos eram curados.” (Atos 5.12-16)

Quando Deus age ninguém pode deter o seu braço. Quando a presença de Deus é manifesta um ambiente de milagres é inaugurado. A igreja primitiva desfrutava dos milagres realizados por Deus. A bênção da presença manifesta de Deus estava presente na vida daquela igreja.

• Em Atos 3 – vemos um paralítico sendo milagrosamente curado.
• Em Atos 8.6 – vemos Filipe realizando sinais milagrosos em Samaria.
• Em Atos 9 – a conversão de Saulo é seguida da sua cura.
• Em Atos 12 – Pedro é libertado pelo anjo do Senhor.
• Em Atos 19.11 – vemos que pelas mãos de Paulo, Deus fazia milagres.

A igreja tinha a agenda aberta para as manifestações poderosas de Deus. Eles oravam para que milagres acontecessem. Eles tinham convicção do poder de Deus para curar e fazer sinais e prodígios. Onde um ambiente de milagres é inaugurado coisas extraordinárias da parte de Deus acontecem.

Alguém disse: “Quando Deus se manifesta um ambiente de milagres é gerado. E tudo o que você precisa é estar neste ambiente.” Nós precisamos estar no ambiente da manifestação de Deus.

Conclusão: A presença manifesta de Deus é algo real e que podemos experimentar. A busca pela presença manifesta de Deus, deve ser o maior clamor do nosso coração, o objetivo principal de nossas orações, o propósito de nossa adoração, a razão de estarmos aqui neste mundo. Deus tem prazer em manifestar-se no meio do Seu povo. Pela presença manifesta de Deus nós somos dirigidos pelo Espírito Santo, podemos testemunhar com poder, podemos ter vitória sobre o pecado, o mundo, o diabo, e sobre a velha natureza. É na presença de Deus que a adoração é verdadeira, a oração é ouvida, os milagres acontecem e a glória Dele é revelada a todos.

Quando a presença de Deus é manifesta…

1. Um DESPERTAMENTO espiritual é PRODUZIDO. – VOCÊ CRESCE
2. Uma vida INCOMUM é liberada. – SUA VIDA MUDA
3. Um AMBIENTE de MILAGRES é inaugurado. – VOCÊ VIVE DEBAIXO DE UMA NOVA UNÇÃO. Amém..

Observação: O próprio texto tem algumas perguntas que podem ser aplicadas na célula.

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br