GÊNESIS

GÊNESIS 3 - UMA INTERRUPÇÃO NA PERFEIÇÃO

admin
Escrito por admin em março 24, 2020
GÊNESIS 3  - UMA INTERRUPÇÃO NA PERFEIÇÃO
Você é novo por aqui?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Na semana passada em nosso culto lemos o texto de Gênesis 1, o relato da criação de todas as coisas. Quando Deus faz céus, terra e tudo o que neles há, ele afirma que tudo havia ficado muito bom.

O Deus que por sua essência é bondade cria algo bom e também perfeito. E o ser humano? Ele estava ali junto com Deus, conversava de perto com o criador, conhecia seu amor, bondade e grandeza. No entanto, um pouco adiante essa história toma novos rumos, pois um acontecimento quebra essa perfeição e esse relacionamento com o criador.

Leitura de Gênesis 3. 1-7

Sim, o ser humano tinha experimentado a presença de Deus, saboreado a maravilhosa presença do criador, mas isso não foi o bastante, ele quis se tornar como o seu criador, como Deus, e foi então que a história desandou.

Nesses primeiros versículos vemos a tentação e como ela age em nós. A mulher olha pro fruto e vê que ele era:  “agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento”.  Gênesis 3:6

Quantas coisas são agradáveis ao nosso paladar, são atraentes aos nossos olhos, ou desejáveis, mas vão contra a vontade de Deus? Contra o propósito para o qual Deus as criou?

Deus colocou ali aquela árvore e deixou sob a responsabilidade do ser humano escolher comer e desobedecer, ou não comer por obediência ao seu criador. Eu me perguntei enquanto fazia esta mensagem e se Deus não tivesse dito nada, será que eles teriam comido? Por que não é assim que nós somos? Quando alguém nos diz: não faça! Ai sim nós queremos fazer.

Nesse tempo de isolamento, de ficar em casa, profissionais da saúde nos pedindo pra ficarmos em casa, mas parece que ai sim a gente precisa inventar motivos e desculpas pra sair. Se nos dissessem não fiquem dentro de casa lá nós estaríamos. Talvez você não se encaixe nesse exemplo então podemos usar outro. Quando nós dizemos a uma criança não toca aqui, ou não pega tal coisa, ai sim ela vai lá por que a curiosidade de saber o que vai acontecer é enorme.

Eva ficou curiosa, e ao invés de fugir da tentação, ela permaneceu ali em diálogo com a serpente. E ai entra uma parte interessante, o diálogo da serpente com a Eva.

Ela começa com uma pergunta capciosa: “Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim”. Eva, então, responde corrigindo e dizendo que de todo o jardim, apenas uma única eles não poderiam comer.

A serpente por sua vez, lança uma afirmação que é contrária à afirmação que Deus deu. Deus fala para o ser humano se você comer vai morrer. A serpente diz: Certamente você não vai morrer! Ela basicamente diz que Deus é mentiroso afirmando isso. Ao invés da mulher cair fora aqui, não, a dúvida está plantada em sua mente, alguém disse algo que se difere do que Deus disse.

“Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal”.  Gênesis 3:5

Assim, a Palavra de Deus é distorcida, a mulher olha pro fruto, é tentada e caí na tentação, levando consigo seu marido. Nesse momento é importante percebermos que o relato Bíblico não afirma nenhuma resistência por parte do homem a comer o fruto. E a desobediência está concreta, o ser humano PECOU.

Para compreendermos o que de fato significa pecar precisamos compreender o que significa a palavra pecado.

PECADO = ERRAR O ALVO

Após comerem, mulher e homem percebem que estão nus! Olha só que interessante, é a primeira percepção deles. Por quê? Porque a nudez é sinônimo de exposição total, de vulnerabilidade diante do outro e, até mesmo, de si próprio. Ao perceberem sua nudez, sua vergonha por terem desobedecido  e sua fragilidade, eles se escondem, escondem-se do próprio Deus, daquele que os fez.  

Leitura Gênesis 3.8-13

O ser humano fugiu. Se escondeu. Mas Deus vai ao encontro deles, busca ouvir deles o que tinha acontecido. Sendo Deus, onisciente e onipresente, ou seja, sabendo de todas as coisas, e estava em todos os lugares, ele já sabia o que eles tinham feito, mesmo assim, Deus pergunta o que aconteceu, por que estavam se escondendo. 

Deus encontra o ser humano em seu pecado, em sua sujeira. E ele pergunta o que foi que você fez?

O homem, ao invés de confessar seu erro, aponta o dedo para sua mulher, querendo que a culpa recaia sobre ela. A mulher aponta para a serpente, tentando também, se livrar da responsabilidade. Ao mesmo tempo que apontam uns para os outros, as criaturas apontam também para o criador. Afinal foi a mulher que TU me deste, ou a serpente, que TU CRIASTE.

Leitura: Gênesis 3.14-19

Agora vem então a consequência do pecado, homem e mulher são expulsos do paraíso, tendo que sofrer agora para manter-se vivos. Não eram mais eternos, pois agora a consequência da desobediência, do pecado, está sobre eles, a morte.

Assim como Gênesis capítulo 1 é essencial para compreendermos, de onde viemos, a quem pertencemos e porque estamos aqui, Gênesis 3 é essencial para compreender o porque passamos por tantos problemas, por tanto sofrimento. Por que a criação tem sofrido tanto? Por que o ser humano tem se autodestruído dessa maneira? Por que tanto egoísmo? Tanto orgulho?  Por que as pessoas só pensam nelas mesmas?

Será que a nossa cultura corrompeu ser humano? Será que o problema está na nossa era? Ou será que o problema está apenas no capitalismo? Na correria frenética em que fomos obrigados a viver?

De forma alguma! Toda essa maldade, toda essa destruição não é culpa de um único ser ou de alguns, isso é consequência do pecado que está em nós. Isso mesmo você é pecador! Você é mau! Desde o ventre materno a marca do pecado já está em você e desde seu nascimento o egoísmo já fazia parte de quem você era!

Então vamos parar de fazer como Adão e Eva e apontar o dedo para os outros buscando sempre culpados, vamos olhar para nós, vamos despir nosso coração diante de Deus, e mostrar a ele a vergonha que é o nosso pecado.

Parar de tentar achar culpados para todas as coisas ruins que acontecem ao nosso redor, e buscar olhar o quão culpados nós somos! Nós precisamos sim como cristãos denunciar a injustiça no mundo, mas nós estamos nos tornando hipócritas apontando todos os problemas e não sendo a diferença onde nós estamos. O pecado está em nós! Somos maus!

Sobre esse texto precisamos compreender três aspectos:

O pecado afetou nosso relacionamento com Deus em 1 lugar! (Gênesis 3. 8-9)

Em consequência disso, afetou nosso relacionamento com o próximo! (Gênesis 4. 3-12)

E afetou também a criação que era perfeita e maravilhosa! Pois hoje ela também sofre! (Romanos 8.18-22)

Mas Deus continua a te chamar, a te buscar, a te perguntar: Por que você se esconde? Por que você está fugindo? Por que culpa o mundo e esquece da culpa que pertence a você?

É tempo de olhar para si! Tempo de olhar para a nossa vergonha, para a nossa sujeira! É tempo de se arrepender e permitir que Jesus nosso Salvador venha nos transformar!

Sugestão de perguntas:

  1. Como você compreende o pecado? Defina o conceito de pecado pra você!
  2. Como você entende que o pecado age no mundo?
  3. Como você percebe a ação do pecado em você?
  4. Como você compreende a solução de Deus para nossa situação como pecadores?

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *