“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2Corintios 5:17)

João Carlos

Pastor Auxiliar

bootstrap modal form

VIDAS QUE FORAM TRANSFORMADAS NO ENCONTRO COM JESUS

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2Corintios 5:17. .)

O que é o ENCONTRO COM DEUS?

Encontro com Deus, basicamente, é um retiro ESPIRITUAL que tem como objetivo, proporcionar ao "ENCONTRISTA" uma profunda experiência no Amor e na Graça de Deus. É um tempo dedicado para reflexão e meditação nas verdades do evangelho que são propostas através de ministrações da Palavra de Deus. 

O Encontro é um poderoso impacto na vida de quem passa por ele. Por isso, as pessoas que já participaram dizem: UAU!! FOI TREMENDO!! Podemos dizer que depois dessa experiência sua vida nunca mais será a mesma. Isso é uma verdade, porque o que se faz é proporcionar um tempo especial para ouvir a Deus. Jesus ia sempre a lugares mais desertos para orar, e O Encontro é isso! Um lugar e um tempo separados para um "ouvir" de Deus mais dedicadamente. 

Meus amados e amadas em Cristo Jesus a Graça e a Paz do Senhor! Nesta mensagem estarei falando de quatro personagens bíblicos que tiveram as suas vidas transformadas em um encontro pessoal com Jesus. Vejamos:

1. O encontro da mulher pecadora com Jesus. (Lc 8:2)

Em um determinado momento uma mulher pecadora teve um encontro com Jesus e sua vida nunca mais foi a mesma, a palavra nos fala que quando ela Maria Madalena teve um encontro com Jesus saiu 07 demônios de sua vida (Mc 16:9).

Quem diria que uma mulher que vivia em tal condição poderia ser mencionada entre os seguidores de Cristo, mas esta mulher é mencionada como uma das primeiras pessoas para qual Jesus aparece após sua ressurreição e ela antes do encontro era uma endemoninhada.

Antes de ter um encontro com Jesus o que dominava a vida a mente o corpo daquela mulher eram demônios, mas após o encontro com Jesus o que dominava aquela mulher não eram mais demônios, ela era conduzida por uma vontade de conhecer mais a Jesus e devido a esta vontade de estar próxima de Jesus ela foi uma das primeiras a ter a experiência de ver Jesus.

2. O encontro de Zaqueu com Jesus (Lc 19.1-10)

Zaqueu era um homem de pequena estatura, mas um alto funcionário público, um publicano, alguém que cobrava impostos públicos. Os publicanos não contavam com a simpatia do povo, especialmente por duas razões:

1) Cobravam impostos para uma nação estrangeira (Roma)

2) Cobravam valores além do estipulado, enganando as pessoas e enriquecendo ilicitamente. 

Lucas destaca que Zaqueu era "maioral dos publicanos" (Lc 19.2). Ele era chefe de uma grande coletoria de impostos.

Zaqueu - antes do encontro com Jesus:

Na qualidade de cobrador de impostos, na verdade, chefe ou supervisor de uma coletoria de impostos, Zaqueu procurava acumular riquezas. No seu trabalho, as brechas para ser desonesto eram inúmeras. As oportunidades para subornar pessoas ou extorquir dinheiro também eram muitas. E dessa maneira Zaqueu enriqueceu muito.

Zaqueu havia colocado seus próprios interesses no centro de sua vida. Ele próprio considerava-se o senhor e dono de sua vida. Sua vida limitava-se a satisfazer seus interesses pessoais, sem olhar para as pessoas ao seu redor.

Mas no coração de Zaqueu não havia paz. Talvez, aquela sensação de um dia ter que prestar contas lhe atormentava. Mesmo tendo acumulado muito dinheiro e bens, Zaqueu andava inquieto. Lucas relata que ele "procurava ver quem era Jesus" (Lc 19.3), chegando a subir numa árvore em meio à multidão.

Zaqueu fora um mau mordomo aos olhos de Deus. A sua história mostra toda a fragilidade, todas as lutas, tentações e imperfeições dos mordomos de Deus. Sua história também é a nossa história. Não precisamos ser desonestos para nos assemelharmos a ele. Basta lembrarmos que, com frequência, vivemos nossas vidas em torno dos nossos interesses, esquecendo que somos apenas mordomos daquilo que Deus colocou em nossas mãos.

Zaqueu - depois do encontro com Jesus

A vida de Zaqueu mudou a partir do momento em que Jesus olhou para ele no alto da árvore e disse: "Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa" (Lc 19.5).

O amor de Jesus transformou a vida de Zaqueu e ele compreendeu que a vida não consistia naquilo que ele, honesta ou desonestamente, conseguia acumular, mas na graça e na misericórdia de Deus. Zaqueu creu no Senhor Jesus. O próprio Jesus testemunhou essa conversão, quando disse: "Hoje houve salvação nesta casa" (Lc 19.9).

A partir do encontro com Jesus, Zaqueu passou a ver sua vida com outros olhos. Seus valores mudaram. O dinheiro e os bens já não eram mais vistos como a razão central do seu viver, mas passaram a ser vistos como recursos com os quais ele podia servir a Deus e às outras pessoas. 

Sua reação foi espontânea, uma resposta natural ao grande amor de Deus que o acolheu: "Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais" (Lc 19.8). 

A atitude de Zaqueu ilustra a mordomia cristã e a oferta: Os cristãos passam a ver os bens materiais, dinheiro e outros, como dádivas de Deus para o seu bem estar e sustento e para o serviço cristão. Eles não são mais a razão do seu viver.

Com o dinheiro e bens, os mordomos de Deus promovem seu próprio sustento e o sustento daqueles que Deus lhes confiou, ajudam as outras pessoas e também participam da grande tarefa de proclamar do evangelho de Cristo.

                                                                                                                                                                                    3. O encontro do gadareno com Jesus. (Lucas 8:26-39)

Neste relato encontramos um homem que era terrivelmente atormentado por demônios, não usava roupa, mas quando teve um encontro com Jesus sua vida foi mudada, agora Jesus fala para ele vai para tua casa e conta aos teus o que te aconteceu, aquele homem não era um judeu e se tornou um missionário entre os gentios.

Essa passagem bíblica é verídica, ela pode nos mostrar algumas características do homem sem Jesus Cristo, do que pode acontecer com ele, e também mostra as características, do homem que tem um encontro real com o Senhor Jesus, bem como o que acontece com Ele.

Segue aqui algumas características deste homem, que teve um encontro com o Senhor Jesus. E você então, pode verificar a vida dele antes do encontro com Jesus, e sua vida depois do encontro com Jesus, algumas características que nós podemos verificar de uma pessoa que está longe do Senhor Jesus, de uma pessoa que ainda não teve o privilégio de ter tido um encontro poderoso com Jesus Cristo.

Saiu dos sepulcros, um homem.

E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo.

Quantas pessoas sem Jesus andam por estes lugares, como este homem saiu do sepulcro, saiu de um lugar de morte. Outra coisa que eu aprendo aqui nesse texto, diz que este homem saiu ao encontro do Senhor Jesus, com espírito imundo. A pessoa sem Jesus fica a mercê do diabo, eu não estou falando aqui pra te assustar, eu estou falando verdades da bíblia, a pessoa sem Jesus fica a mercê do diabo e eu estou fazendo esta afirmação, baseado na bíblia que diz: (1° JOÃO 5.19b, a última parte “que o mundo jaz no maligno.”)

A vida deste homem era um inferno, a vida dele era morte, morava no sepulcro, morreu a alegria, morreu a paz, morreu a família, morreram os amigos. Não havia qualquer tipo de esperança.

Assim é a pessoa longe de Jesus, sem esperança, sem vida, sem amor próprio, uma pessoa amarga, ressentida. Morreu a alegria, morreu a paz, morreu a família, morreu equilíbrio emocional, morreram os amigos, morreu a felicidade, porque essas pessoas habitam em um lugar de morte, e suas vidas, parece mais propriamente morte do que vida.


Depois do encontro com Jesus

O homem que fora possesso regenera-se, torna-se humano, tem restabelecida sua dignidade, está vestido, sentado aos pés de Jesus, pronto para assumir sua nova missão, não mais de espalhar o medo e o terror, mas de voltar para “sua casa” (seu lugar) e lá proclamar pela cidade os benefícios que Deus lhe fizera. Eis a missão de quem se encontrou com Jesus, levá-lo aos da cidade (lugar habitado). Regenerado em sua humanidade não está mais aos gritos de desespero, mas desejoso de permanecer junto a Jesus. Jesus lhe indica que “permanecer com Ele” é levar a mensagem aos de sua casa e proclamar na cidade o que Deus (Jesus) lhe fizera!

4. O encontro de Saulo com Jesus.

A CONVERSÃO DE SAULO (At 9: 1 – 22)

Neste capitulo vamos ver o fim de Saulo e o nascimento do Apóstolo Paulo. O fim do perseguidor e o início do perseguido, o fim do inimigo da fé e o início do pregador da fé. O fim do líder de um grupo de fervorosos perseguidores dos Cristãos e o início de um dos maiores defensores do Cristianismo que já existiu, o fim do inimigo de Cristo e o início de uma Testemunha de Cristo.

Saulo era um terror para os cristãos, estava enganado a respeito do Reino de Deus, ele estava cego Espiritualmente, ele era um religioso e zeloso da sua religião (At 22. 1 – 4); para ele o cristianismo era uma seita chamada de Caminho (At 9. 2; 19. 9 e,23; 24; 14 , 22). 

Seita esta que vinha para aniquilar destruir o judaísmo, a religião judaica da qual Saulo era membro e fariseu (At 26. 1 – 5). Saulo se colocou como um defensor da religião e do Deus em quem ele acreditava ( Fp 3. 5 ,6; At 22. 1 – 5)

Disposto a matar e a morrer por aquilo em que ele acreditava. Um homem fiel a sua crença e ao seu Deus é o que Deus procura Sl. 101: 6ª, alguém disposto a matar por causa de Deus certamente morreria por causa de Deus e da sua obra (At 13. 21 , 22; Jo 4. 23,24).

Depois do encontro com Jesus quem persegue cristãos com certeza está perseguindo Cristo, e quem persegue a Cristo mais cedo ou mais tarde vai cair do cavalo. 

Saulo para conhecer a Jesus, para entender quem era Jesus teve que ir até o chão ( At 9: 5. Fp 2:5-8 I Pe 5:6) Só depois de Saulo cair do cavalo e ir até o chão e colocar o rosto no pó Jesus mandou ele se levantar (At 9. 6). Observamos que Saulo além de se levantar teve que entrar na cidade, ou seja, teve que obedecer a ordem do Senhor, e só depois de obedecer ao Senhor o Senhor deu a ele uma direção (será dito o que convém fazer). 

(At 9. 7) Os homens que acompanhavam Saulo ouviram a voz, mas não viram a ninguém, assim é hoje se ouvem a voz do Senhor pela boca dos pregadores dos profetas, nas ruas nas igrejas nos rádios e nos televisores, mas não conseguem ver o Senhor (2 Co 4: 3 e 4; Is 53: 1; At 17: 15 – 27).

(At 9: 12, 13 e 14) Observem; aqui Saulo não era conhecido dos homens como um homem de Deus, mas como um homem do mau que prendia, torturava e fazia muito mal para o povo de Deus. 

Mas ele já era conhecido do Senhor, já tinha a atuação do Espírito Santo recebia visão e revelação do Senhor.

Saulo viveu a sua vida inteira com a mesma intensidade que quando começou, ele não deixou as chamas se apagar, ele não deixou o amor se esfriar e não deixou o primeiro amor. É isto que Deus quer de todos, que se achegue a ELE, que jamais deixem o primeiro amor (Ap 2. 4).

Conclusão.

(At 9: 8 e 9) Assim como Saulo muitos precisam de uma mão que os guie, quantos precisam ser carregados sustentados Isaias 35: 3 quantos estão sem enxergar, cegos vivendo nos becos e valados, traficando roubando, praticando a violência, prostituindo, precisando de uma mão que os conduza até a presença do Senhor Lc. 14: 15 – 23.

Está na hora de ter uma vida COM JESUS, deixe o orgulho de lado, e tenha um reencontro com Jesus, peça perdão pelos seus pecados, agora mesmo e ore a Deus para que lhe perdoe, sendo assim seus pecados serão apagados diante de Deus e você poderá ter uma nova oportunidade tendo uma vida cheia de amor e paz COM o Senhor Jesus.

Se você ainda não teve a tua vida transformada entregue-se a Jesus agora que Ele fará a transformação almejada para a gloria de Deus. Amém!!


COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br