bootstrap dropdown
pescador




Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:3

João Carlos

Pastor

A CURA DE UM CEGO DE NASCENÇA

JOÃO. 9:1-12

A cura do cego de nascença é uma das mais belas histórias da Bíblia. O texto do livro de João cap. 9, inicia afirmando que Jesus, passando, viu um homem cego de nascença. Ali estava aquele homem. Nasceu cego. Cresceu cego. Não sabia ler nem escrever. Não tinha utilidade para a sociedade judaica. Atualmente os cegos podem aprender, ler e escrever, pois há o sistema Braille. Mas no tempo de Jesus os cegos não tinham valor algum. E nascendo cego, eram logo apontados como sendo castigados por pecados. Este homem, cego, que havia passado toda sua vida na escuridão, era visto assim. Seu sofrimento era relacionado com castigo. E se estava sendo castigado, porque então ajudar? Assim permanecia abandonado, sozinho, dependendo da caridade e da compaixão de quem por ele passasse.

É interessante que Jesus andando, o viu. Isso porque Jerusalém era uma grande cidade. E em meios urbanos, com muitas aglomerações, muita gente nas ruas, é difícil ser notado. Veja por exemplo as grandes capitais do Brasil. Multidões passam de um lado para o outro sem se importar com a vida de quem quer que seja. No meio de tanta gente, porém sempre sentimos como que sozinhos. Porque as pessoas se importam no máximo com seus familiares ou amigos, o restante é apenas a multidão.


O OLHAR DE JESUS.

Mas Jesus não vê multidões. Jesus vê cada indivíduo. Neste momento, Jesus está aí e pode ver você. Ele sabe a cor da roupa que você veste, sabe as lutas íntimas de seu coração. Conhece as lágrimas que você derrama e que ninguém compreende. Sabe as angústias que o perturbam. Sabe as indecisões em que você vive. Alguma esposa maltratada pelo marido, desprezada pelos filhos, menosprezada, explorada, humilhada. Você não tem para onde ir? Onde está o marido que, um dia, jurou amor eterno? Onde estão os filhos a quem você dedicou a vida e hoje nem sequer lembram de você? Sente-se murchando na vida, enrugada pelo tempo? Acabada? E você pensa assim: "estou sozinha, ninguém pode entender o meu mundo, ninguém pode entender minha lágrima." Enfim, Ele compreende você. Ah, querido, Jesus é capaz de parar e olhar você e saber até quantos cabelos você tem. Ele diz, na Sua Palavra: "Até os cabelos da vossa cabeça todos estão contados." Lucas 12:7

E Jesus prendeu sua atenção naquele pobre homem cego de nascença. Aí os seus discípulos, que estavam imersos na crença da "causa e efeito", já começaram a indagá-lo, com um julgamento errado: "E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?" João 9:2 E nós, seres humanos, somos assim mesmo, implacáveis! Julgamos o que não sabemos, condenamos com preconceitos. Tratamos com indiferença, vemos multidões, não enxergamos o cuidado que cada ser individualmente necessita.

Mas Jesus parou, para falar com o homem cego de nascença. Isso é realmente maravilhoso! Jesus se importa com cada ser humano. Sem distinção. O mestre mostra aos seus discípulos que não havia nenhum castigo e nenhuma maldição hereditária sobre a vida daquele homem.

Ao contrário, havia, na realidade humana daquela geração, uma cegueira muito mais profunda e pavorosa do que aquela em que se deixa de ter a visão física desta realidade. "Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus." João 9:3


A VISÃO DO HOMEM.

A pior cegueira é aquela em que se deixa de enxergar o sentido real da vida. Pela reação dos fariseus à cura daquele pobre homem cego de nascença ( pois se deu num sábado ), podemos ver em quão densas trevas eles estavam. Levando uma vida sem nenhum sentido nobre e real, eles se prenderam a legalismos e rituais pesados. Deixaram esfriar o amor nos corações e se esqueceram do principal da lei, que era o perdão e a misericórdia.

Então alguns dos fariseus diziam: Este homem não é de Deus, porque não guarda o sábado. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tamanhos sinais? E houve dissensão entre eles." João 9:16 Para estes Jesus se declara como o sentido real, pelo qual eles deveriam viver e caminhar, para que não andassem mais em trevas. Assim como declarou numa ocasião imediatamente anterior:

"De novo, lhes falava Jesu, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas, pelo contrário, terá a luz da vida." João 8:12 De forma que, quem tem a Jesus como norte, como rumo, passa a enxergar e nunca andará confuso ou em escuridão.

                                                                                                                                                               

A CURA E SEUS ENSINAMENTOS.

Eu pergunto: hoje, este Jesus que teve poder até para ressuscitar Lázaro, para fazer andar o paralítico, para transformar água em vinho, este Jesus todo-poderoso, não tinha poder para dizer simplesmente "Vê", e o cego ficaria vendo? Claro que podia. E por que não o fez? Primeiro porque, mais uma vez, Ele queria a participação humana. Ele não pode fazer nada sem o consentimento do homem. Jesus pode operar um milagre em sua vida, mas não vai entrar pela força. Não vai derrubar a porta e entrar. Ele diz somente: "Segue-Me." E você tem que segui-Lo. É você que tem que tomar a decisão. Quem é você? Qual é a grande luta que você está tendo em sua vida? O que quer mudar em sua vida? De onde você quer que Jesus tire você? Qual é o socorro que você precisa? Qual é o drama que você vive? Que milagre você quer que Deus opere sua vida?

Ao preparar-se para realizar mais um milagre em seu ministério, Jesus aproveita a oportunidade para trazer também lições morais valiosíssimas. Ele poderia ter simplesmente declarado a cura imediata do cego de nascença, como fez em outras situações. Mas a cegueira estava relacionada a verdades mais profundas. Jesus queria não só curar a cegueira física, palpável, como também abrir os olhos espirituais do cego e de todos demais. Assim o lodo feito com sua saliva, passa a representar a cegueira espiritual, que precisava ser lavada.

" Dito isso, cuspiu na terra e, tendo feito lodo com a saliva, aplicou-o aos olhos do cego, dizendo-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que quer dizer Enviado). Ele foi, lavou-se e voltou vendo" João 9:6-7

Deste modo o homem cego de nascença, parte para lavar o lodo de seus olhos, no tanque de Siloé, para que uma vez curado, possa também ter um rumo a seguir, um norte para se guiar, ao passo que Jesus se apresenta como tal direção e como sentido supremo da vida.

Sua visão se abriu de tal forma que, diferente dos seus pais, ele não temeu ao ser interrogado pelos fariseus. Ele fez uma declaração que mostrou que a sua cura total, era incontestável.

"Ele retrucou: Se é pecador, não sei; uma coisa sei: eu era cego e agora vejo." João 9:25

E Jesus estava aparte, vendo aquilo tudo, sereno, calmo. Quando soube que o expulsaram do templo, se apresenta a ele. E aquele que não era mais cego conseguiu enxergar também, aquilo que toda a casta religiosa de Israel não teve capacidade de ver.

"E Jesus lhe disse: Já o tens visto, e é o que fala contigo. Então, afirmou ele: Creio, Senhor; e o adorou." João 9:37-38

É preciso ver e enxergar o sentido espiritual dos fatos. Algo que os olhos humanos pouco conseguem ver. Devemos sempre pedir a Deus que remova o lodo que nos impede de ver o seu propósito. Jesus veio para que possamos ver, mas, muitos infelizmente permanecem perdidos, em trevas, cegos, muito embora seus olhos funcionem muito bem.

Pai querido, vem, abre os nossos olhos para vermos a fragilidade de nossas decisões. Por favor, estende Teu braço poderoso e muda nosso coração operando o milagre que precisamos neste momento, agora. Responde com misericórdia e com poder, em nome de Jesus. Amém.


SHARE THIS PAGE!

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br