"Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetros de Jerusalém. No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido. Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles;" -Lucas 24:13-15

João Carlos

Pastor Auxiliar

bootstrap modal form

NO CAMINHO DA ESPERANÇA

Lucas 24.13-35

O Evangelho de São Lucas, no seu capítulo 24 (13-35), faz-nos contemplar de perto, de uma maneira muito viva, dois homens que – na tarde do próprio dia da Ressurreição de Jesus – estão voltando para casa, cabisbaixos e decepcionados: os discípulos de Emaús. Nesse mesmo dia – diz Lucas -, dois discípulos caminhavam para uma aldeia, chamada Emaús. Iam falando um com o outro sobre tudo o que se tinha passado. Aquilo que se tinha passado era, nada mais nada menos, a morte de Jesus, a “derrota” estrondosa de Cristo às mãos dos seus inimigos, enquanto as multidões, que cinco dias antes, no domingo, o haviam aclamado entusiasmadas, vociferavam com ódio: Crucifica-o! Crucifica-o!

O Problema

Jesus morreu, seus planos ficaram frustrados, não existe mais horizonte, se sentem derrotados.

V.15 diz: "Eles estavam conversando a respeito de tudo o que havia acontecido.

Enquanto conversavam e discutiam...".

Quando estamos preocupados com nossos problemas, sempre fixamos nossos olhos neles; conversamos com alguém a respeito deles, e parece que ficamos numa roda sem soluções, ficando assim cada vez mais frustrados.

Quando você olha demais para seus problemas, veja o que acontece...



Você perde a consciência da presença de Jesus (vs. 15-17).

Estes versos dizem: "Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus chegou perto e começou a caminhar com eles, mas alguma coisa não deixou que eles o reconhecessem...".

Muitas vezes achamos que Jesus não está perto de nós.

Você já se sentiu assim?

"Eles pararam, com um jeito triste"...

Quando achamos que Jesus não está por perto para nos ajudar perdemos a paz.

Nosso rosto se abate, entra a tristeza.

Quando você olha demais para seus problemas...



Você perde a sensibilidade no ouvir os testemunhos (vs 22-24)

"Agora lemos o seguinte: "Algumas mulheres do nosso grupo nos deixaram espantados, pois foram de madrugada ao túmulo 23 e não encontraram o corpo dele. Voltaram dizendo que viram anjos e que estes afirmaram que ele está vivo. 24 Alguns do nosso grupo foram ao túmulo e viram que realmente aconteceu o que as mulheres disseram, mas não viram Jesus".

Outras pessoas falaram sobre a ressurreição, mas eles não acreditaram.

Muitas pessoas têm testemunhado daquilo que Jesus tem feito na vida delas, e você acha que Jesus não vai fazer na sua.

Você tem crido nos testemunhos?

Quando você olha demais para seus problemas



Você perde o entusiasmo pela Palavra (vs 25-27)

"Então Jesus lhes disse: -Como vocês demoram a entender e a crer em tudo o que os profetas disseram! 26 Pois era preciso que o Messias sofresse e assim recebesse de Deus toda a glória. 27 E começou a explicar todas as passagens das Escrituras Sagradas que falavam dele, iniciando com os livros de Moisés e os escritos de todos os Profetas".

Era o próprio Jesus que estava falando, mas naquele momento, eles não o reconheciam. Jesus falou sobre tudo o que a Palavra dizia sobre Ele, mas eles não o reconheceram.

Você tem buscado a Deus em sua Palavra?

O que a Bíblia têm a haver com seus problemas?

Agora, se você tem experimentado isso, há duas atitudes que você deveria tomar para gerar uma mudança na sua vida:


Convide Jesus para ficar com você (v. 29-30)

Diz o v.29: "Mas eles insistiram com ele para que ficasse, dizendo: -Fique conosco porque já é tarde, e a noite vem chegando. Então Jesus entrou para ficar com os dois".

Quanto será que temos demonstrado para Jesus que ele é importante para nós, e desejamos que ele não se aparte nenhum momento de nós?

E no v.30 está: "Sentou-se à mesa com eles, pegou o pão e deu graças a Deus. Depois partiu o pão e deu a eles".

Devemos convidar Jesus para que nos guie nessa comunhão que sempre, em primeiro lugar é a comunhão com Deus. "Eu sou o caminho... ninguém vai ao Pai senão por mim...".


Os resultados:

Restauração da consciência da presença de Cristo (v.31)

"Aí os olhos deles foram abertos, e eles reconheceram Jesus"....


Adoração - é a volta da percepção do verdadeiro Jesus, Eles voltaram a reconhecer a Jesus, o Filho de Deus, o Yeshua Hamashia, o Messias prometido, o Resgatador, o Libertador, o Santo de Deus.


Restabelecimento do ardor pela Palavra de Deus (v.32)

V.32: "Então eles disseram um para o outro: -Não parecia que o nosso coração queimava dentro do peito quando ele nos falava na estrada e nos explicava as Escrituras Sagradas?"

Perceberam que aquilo que estavam sentindo quando Jesus lhes anunciava a Palavra, ardia em seu coração, mas só ficaram conscientes deste valor quando pediram a Jesus para guiá-los na Comunhão.

Retomada da Carreira (v.33)

V.33: "Eles se levantaram logo e voltaram para Jerusalém...".

Voltaram para Jerusalém onde estavam os outros discípulos - Voltaram para somar, voltaram para estar juntos. Voltaram para arregaçar as mangas, voltaram para juntos servirem a Jesus.

Restauração do vigor no Testemunho (v.35)

V.35: "Então os dois contaram o que havia acontecido na estrada e como tinham reconhecido o Senhor quando ele havia partido o pão".

Conclusão: Chegamos ao fim do caminho de Emaús, foi um dia e uma noite de viagem cansativa, onde o sol escaldante das imagens do passado são refletidas na tela da nossa mente. Onde a dura e pedregosa estrada da decepção, do desanimo e da falta de comunhão não tem fim. Onde a noite da falta de embasamento Bíblico nos afeta a visão e nos deixa sem rumo.

Lembre-se de uma coisa, que é primordial, Ele está com você!

O Soberano Deus, através de sua graça se achega a você, mesmo sendo na sua Experiência do Caminho de Emaús.

Jesus dá o primeiro passo, ele toma a postura de ir se encontrar com você neste caminho tão doloroso, onde as suas feridas (Decepção, apego ao passado, desânimo, falta de comunhão, falta de conhecimento da Palavra) estão sangrando e Ele tem o remédio para curá-las.

Ele é a solução eficaz para todas as suas dores e feridas.

Lembre-se hoje é o terceiro dia de suas dores. Terceiro dia é dia de glória, dia em que podemos dizer: Ele venceu a morte, Ele é Deus, é dia de vitória.

Abra os seus olhos agora, esqueça o passado, lance fora às decepções e busque na Palavra o retorno deste caminho de Emaús.

Espero que você não deixe que a solução imediata dos seus problemas desapareça na sua frente depois de ter estado com ela por todo caminho.

Volte, ele está vivo!

AMÉM..

Sugestões de perguntas para a célula.

1. Como está a sua vida com Deus e seu estudo da Palavra?

2. Você tem estado firme naquilo que é a Verdade insolúvel de Deus ou tem se deixado levar por ventos de doutrinas?

 

3. Tudo que aparece dizendo que é de Deus você recebe e pronto, ou você analisa pela Palavra? Você tem se dedicado a ler, estudar, meditar?


COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br