"Sobre a minha guarda estarei, e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que falará a mim, e o que eu responderei quando eu for argüido. Então o Senhor me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo. Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará." (Habacuque 2:1-3)

Irno Prediger

Pastor Emérito

bootstrap modal form

BUSCANDO A COMUNHÃO COM DEUS

Habacuque 2.1-3

Irno Prediger – Três Lagoas – 07/2019

Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz”. Todos nós que nascemos de novo pela fé em Jesus Cristo, temos a habilidade intrínseca de ouvir a voz de Deus.

 O problema nosso, muitas vezes, é que não paramos para falar com Deus e ouvir o que Ele deseja falar para nós. Alguns de nós estamos muito atarefados e enchemos as nossas horas com tantos afazeres que não sobra tempo para ir para o “quarto de escuta” e procurar ouvir a voz de Deus.

A maioria de nós teria o tempo para estar em comunhão diária com Deus, mas não conseguem desgrudar do celular ou da TV. Estão uma, duas, três horas do dia grudados no seu celular, mas não conseguem reservar meia hora para ir ao quarto a fim ler a Palavra de Deus, orar e ouvir a voz de Deus. Então, é surpreso que estão desanimados? Não!

 Um dos supervisores disse-me nesta semana que a maioria dos nossos líderes de célula estão desanimados. Pergunto: quanto tempo diário reservam para estar a sós com Deus, orando, meditando na Palavra e ouvindo Deus lhes falar?

Como você vai dizer que ama a Deus de todo o coração, gastando várias horas para estar grudado no celular, mas não consegue ter meia hora diária sequer para estar em comunhão com Deus?

Participar dum Encontro com Deus traz novo ânimo porque você está em comunhão com Deus num final de semana inteiro. Mas, para você estar animado e entusiasmado, há necessidade de você estar regularmente em comunhão com Deus.

O problema não é a sua célula. O problema não é o seu líder, nem a sua igreja. Todos nós (também eu) perdemos nosso ânimo, forças, entusiasmo e vigor espiritual se falhamos em estar regularmente em comunhão com Deus. Desenvolva uma vida de intimidade com o Pai celestial; de meditação diária na Palavra, de oração e de aprender a escutar a voz de Deus. Você será um crente entusiasmado; você será um líder de forças renovadas constantemente. O seu vigor espiritual não vem da organização igreja ou célula, nem de homens (seus líderes e pastor), mas vem de ouvir a voz de Deus lhe falando e orientando. Para isso é necessário você desenvolver uma comunhão íntima com Deus.

Vamos aprender com o profeta Habacuque alguns passos como desenvolver uma vida de comunhão com Deus.

Hc 2.1-3: “Por-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que Deus me dirá, e que resposta eu terei à minha queixa. O Senhor me respondeu e disse: Escreve a visão, grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo. Porque a visão ainda está para cumprir-se no tempo determinado, mas se apressa para o fim e não falhará; se tardar, espera-o, porque, certamente, virá, não tardará”.

PASSOS PARA UMA VIDA DE COMUNHÃO COM DEUS

 Essa passagem bíblica de Habacuque nos fala de várias coisas importantes para quem está determinado a ter uma vida de comunhão com Deus. Cinco passos para desenvolver uma vida de intimidade com Deus, aprender a ouvir a voz de Deus e ser um cristão de bom ânimo constante:

1 – Separe um tempo para estar em silêncio diante de Deus.

 No vers. 1 o profeta Habacuque se dispõe a estar no seu “quarto de escuta” diante de Deus, dizendo: “Por-me-ei na minha torre de vigia (o quarto de escuta do profeta), colocar-me-ei sobre a fortaleza, e vigiarei para ver o que Deus me dirá...”.

 As cidades antigas eram cercadas por altos muros para se protegerem de inimigos e de trecho em trecho havia uma torre onde, à noite, havia uma sentinela de vigia. Talvez Habacuque morasse encostado ao muro da cidade, bem onde tinha uma torre de vigia. Ele fez duma torre de vigia dessas sobre as muralhas da cidade, o seu quarto de oração, para falar com Deus e para ouvir o que Deus tinha a lhe dizer. Todos os dias ele subia ao seu “quarto de escuta” para ouvir Deus lhe falar em sua hora devocional.

 Esse é o exemplo de um homem e líder espiritual que separa tempo para buscar a Deus; para orar e para esperar a resposta de Deus para as suas preocupações e seus problemas.

 Nosso problema é que a maioria de nós não separa um tempo diário de estar na presença de Deus para ler a Palavra e orar, muito menos para ficar em silêncio e procurar ouvir o que Deus tem a falar conosco. Com isso não estou acusando ninguém, pois isso também vale para mim. Quando, então, vamos ao nosso “quarto de oração” oramos, oramos e ficamos falando o tempo todo! Falamos demais e escutamos de menos! Deus tem dificuldade de conseguir um “deixa” na sua hora devocional para falar a você? Ou só você fala (Isso se fala com Deus em oração)?

Precisamos aprender com o salmista que diz: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” (Sl 46.10). Ouvimos demais as vozes e ruídos do mundo e ouvimos muito pouco a voz de Deus. Ele deseja falar e orientar você a cada instante no dia-a-dia!

Usar o recurso da música para nos aquietar perante Deus e ouvir a Sua voz, é algo que pode nos ajudar. Davi chamava músicos quando queria se aquietar perante Deus e ouvir a Sua voz (ele ainda não tinha nossos recursos modernos de DVD, pendrive ou músicas no celular).

A maioria de nós vive uma vida tão corrida que acabamos não tirando o tempo para nos acalmar diante do Senhor e estar em comunhão mais profunda com Deus. Às vezes até teríamos o tempo, mas optamos em ouvir as vozes do mundo, do adversário das nossas almas ou de mercenários, nos grudando em nossos celulares e TVs durante várias horas do dia.

A primeira coisa a aprender com Habacuque é decidir buscar a Deus, num lugar livre das vozes do mundo, indo para a nossa “torre de vigia”, com a intenção de falar com Deus em oração e de ouvir o que o Senhor tem para nos falar!

2 – Identifique a voz de Deus e ouça o que Ele tem a dizer para você.

 Habacuque disse: “...vigiarei para ver o que o Senhor me dirá...” (v. 1)

 Quando nós vamos ao nosso “quarto de oração”, não é assim que o foco é a nossa oração, o que eu tenho para falar e pedir para Deus? Habacuque ia ao seu “quarto de escuta” antes para ouvir o que Deus tinha para lhe falar.

 Poder falar com Deus e ouvir ele nos falar, é um privilégio enorme que todos nós cristãos temos. Não é uma conversa qualquer no nosso celular. É uma conversa com o Criador e dono do mundo inteiro! Não é um diálogo com uma pessoa qualquer. É um diálogo com o Rei; com nosso Pai celestial! Mas, muitos de nós desperdiçamos esse enorme privilégio. Tenha certeza: seu Pai celeste está esperando por você. Ele está aguardando ansioso poder conversar com você: ouvir você lhe falar em oração, mas também ter em você alguém de ouvidos abertos para ouvir o que Ele tem a lhe dizer.

3 – Olhe e veja o que o Senhor deseja mostrar a você.

 Habacuque disse: “Eu vigiarei para ver...” e, então, ele menciona a palavra “visão” duas vezes. Ele diz no versículo 2: “O Senhor me respondeu e disse: escreve a visão...”, e, depois, no versículo 3: “Porque a visão ainda está para cumprir-se...”.

 Ver... Visão...Visão! Parte do falar e fluir da revelação de Deus para nós cristãos acontece por meio de sonhos e visões (Atos 2.17). Essas visões não necessariamente são literais. As visões (ou sonhos) de Deus podem ser:

Literais, como naquela visão de Ezequiel 1 sobre a qual o P. Whanderson pregou há 14 dias atrás;

Usando uma imagem. Já falei disso aqui. Quando estava por me aposentar há uns 10 anos, eu fiquei me perguntando perante Deus em oração “Que será da minha vida na velhice da terceira idade, quando já não serei mais pastor”? Orei de manhã. À tarde, entrando na cidade, Deus me levou a ver (sempre via literalmente, mas não com os olhos da fé!) a fileira de palmeiras imperiais da Avenida Ranulfo, e me remeteu a um hino baseado no Salmo 92.12-14: “O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro do Líbano. Plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seiva e de verdor”. Cá estou, 11 anos depois, como palmeira que continua dar frutos para o Reino de Deus!

Usando nossa mente para ter a visão do que Deus deseja fazer. Quando nossa Comunidade passou a grande crise de 2004 a 2007, reduzindo-se os membros a 1/3, com todos líderes e membros restantes desanimados, buscando a Deus, ele me deu a visão de que deveríamos nos estruturar num trabalho em células. E Deus fez a nossa igreja local voltar a ser um instrumento para a salvação de muitas pessoas e voltar a crescer. Em vez de 35 membros somos hoje, 11 anos depois, 135 membros! E o Senhor já me deu a visão de que, depois de aprendermos algumas coisas nestes anos, a igreja voltará a crescer e ser bênção de Deus para Três Lagoas e região. Isso, contudo, deve acontecer a partir do novo pastor que o Senhor colocará à frente desta Comunidade.

4. Escreva o que Deus diz ou mostra para você

 O Senhor falou para Habacuque, dizendo “Escreve a visão...” (v. 2).

 Há muitas vantagens em registrar no papel, computador ou celular o que Deus lhe fala e mostra quando você está em comunhão com Deus em seu quarto de oração. Isso ajuda você a levar a sério aquilo que Deus está lhe falando. Anote o que o Senhor lhe diz e mostra. Isso permite você comparar isso com o que diz a Bíblia, como também a compartilhar isso com cristãos maduros que possuem discernimento. Assim Deus lhe guiará diante das suas perguntas, dúvidas, problemas e projetos de vida.

5 – Responda ao que Deus diz e mostra e compartilhe isso com outros

 Habacuque diz no versículo 2: “O Senhor me respondeu e disse: Escreve a visão, grava-a (faça uma grande faixa impressa) sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo”.

 Ao falar conosco Deus, obviamente, espera que nós vamos reagir e responder corretamente ao que Ele nos diz ou mostra. No caso de Habacuque que se queixava a Deus por causa do seu povo, a visão que Deus lhe deu, devia ser transmitida para o povo dele.

 Quando Jeremias se queixou devido à destruição que estava acontecendo seu povo, Deus o mandou visitar uma olaria perto de sua casa e ali lhe deu a visão. O vaso do oleiro se quebrava na sua mão e ele voltava a amassar o barro e refazer o vaso, fazendo um vaso novo. A visão que Deus lhe deu foi: Deus irá refazer o povo de Israel, fazendo dele um vaso novo.

 Como no caso de Habacuque, pode ser que a resposta de Deus irá demorar um pouco, mas o Senhor é fiel e cumpre o que fala e mostra.

 A visão, porém, não era para ficar com o profeta. Ele devia passar a visão com sua mensagem ao povo. Por isso, Deus lhe ordenou que escrevesse em letras gransdes, de modo que, até quem passasse correndo, poderia ler e saber o que Deus falou. Assim, também, nós devemos compartilhar com os outros o que Deus nos fala e mostra!

CONCLUSÃO

 Coloque em prática uma comunicação com Deus de via dupla. Você fala a Deus orando. Deus fala com você, parando quieto e ouvindo o que Ele lhe fala!

 Desenvolva a sua intimidade com Deus. Deixe de lado as vozes do mundo (celular, TV, etc.) e desenvolva uma vida regular de comunhão com Deus na sua “torre de vigia”. Você será um crente entusiasmado. Você será um líder animado!

 Amém.

Perguntas para o encontro da célula

 Leitura do texto: Hc 2.1-3.

O que Deus lhe falou através do texto bíblico (ou mensagem do culto)?

Como você pode desenvolver uma saudável vida de comunhão com Deus?

O que você precisa fazer daqui em diante?

Como os irmãos da célula podem ajudar você?

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br