“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação” (Habacuque 3.17,18) )

Pr. João

Pastor Auxiliar

bootstrap modal form

Aviva a tua Igreja, ó SENHOR

O profeta Habacuque viveu numa época de grande declínio moral e espiritual em Judá (Reino do Sul). Ele sabia que o juízo de Deus se aproximava e viria por meio da invasão babilônica. Ele não se conformava com a iniquidade do seu povo nem com o avanço de Nabucodonosor. É nesse contexto que aparece o famoso clamor por avivamento do profeta menor Habacuque: "... aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia".

Avivamento é levar vida onde havia morte. Reviver novamente (Efésios 2.1). Quem precisa de um avivamento são aqueles que estão amortecidos. Como uma planta que está murchando e após ser regada, então revive. Quando uma pessoa tem um surto que necessita ser reanimada, logo deve-se pressionar o seu peito fortemente, depois pode-se fazer a respiração e se preciso for, um médico faz o tratamento de choque. Deste modo também acontece, quando estamos morrendo espiritualmente. Sentimos uma pressão forte no peito que são provações vindas para nos acordar. Precisamos do sopro de vida do Espírito Santo que nos reanime (Ezequiel 37.9). Mas às vezes somente um choque de poder pode nos levantar novamente.
Precisamos de um avivamento?
Vamos refletir sobre algumas características do verdadeiro avivamento:
1- Oração: v.2 “Tenho ouvido, ó SENHOR”.
Quando eu ouço a mim mesmo posso me enganar. Quando ouço a Deus nunca me engano.
Um avivamento genuíno é fruto de uma vida de intimidade com Deus. O profeta está orando e declara que ouve a voz de Deus. Orar não é apenas falar com Deus e sim um diálogo com o Senhor. Enquanto oramos, Deus fala conosco.

Para buscar um avivamento, seja na vida pessoal ou na igreja, precisamos passar mais tempo com Deus em oração. O avivamento não acontece em congressos lotados, mas em quartos solitários, com portas fechadas em oração (Mateus 6.6).
O Avivamento Sincero é fruto de Oração!
2- Palavra: v.2 “as tuas declarações”.
O avivamento verdadeiro está baseado na Palavra de Deus. Por isso Habacuque se refere às “declarações”, que são as Palavras do Senhor. As Escrituras são a fonte de sabedoria de poder para uma vida avivada. A própria “Palavra de Deus é viva e eficaz” (Hebreus 4.12).

Uma Igreja só pode ser realmente avivada se estiver baseada na Bíblia, como os cristãos primitivos, cheios do Espírito Santo “permaneciam na doutrina dos apóstolos, no partir do pão e na oração” (Atos 2.42). Se você quiser um avivamento em sua vida, dedique-se ao estudo bíblico, que te prepara para ser usado pelo Espírito Santo.
O Avivamento Sincero é baseado na Palavra!
3- Surpresas: v.2 “me sinto alarmado”.
O avivamento traz grandes surpresas. Habacuque se declara espantado com tanta grandeza do poder de Deus. Em cada lugar e com cada pessoa Deus age de uma forma nova. Então não existem fórmulas prontas para um avivamento. Não será através de um evento apenas ou de um bom pregador que Deus vai avivar sua Igreja. Quando conhecemos ao Espírito Santo, ficamos maravilhados com tudo que Deus faz. Quando estamos cheios do Espírito Santo, Deus realiza coisas surpreendentes e milagrosas. Tornamos-nos mais sensíveis a perceber as obras de Deus.
O Avivamento Sincero é traz Surpresas!
4- Tempo: v.2 “no decorrer dos anos, e, no decurso dos anos”.
Habacuque entendia que Deus sempre restaurava o seu povo, como aconteceu na história, então esperava que acontecesse em sua geração. Por isso pediu que Deus realizasse no tempo certo. Devemos ficar firmes em oração como os crentes no cenáculo até que o Espírito venha (Atos 2.1).

O avivamento vem na hora que o Senhor determina e não quando marcamos. A obra de Deus acontece no tempo de Deus (Eclesiastes 3.1). Também podemos saber se um movimento é de Deus através de sua duração, porque “tudo quanto Deus faz durará eternamente” (Eclesiastes 3.14). Se permanecer certamente será verdadeiro, mas se for passageiro é porque se trata de algo apenas humano.
O Avivamento Sincero acontece com o Tempo!
5- Evangelização: v.2 “faze-a conhecida”.
O verdadeiro avivamento vem quando reconhecemos que a obra é de Deus e que é Ele quem a faz prosperar e não nós.
O avivamento verdadeiro acontece com a divulgação do Evangelho. Antes da volta de Jesus, acontecerá um grande avivamento, quando “será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações” (Mateus 24.14).Um crente avivado se torna um evangelista nato, porque não consegue deixar de falar do que Deus faz em sua vida (Atos 4.20).
O Avivamento Sincero promove a Evangelização!
6- Arrependimento: v.2 “na tua ira, lembra-te da misericórdia”.
O verdadeiro avivamento vem quando temos a consciência do juízo de Deus. Tudo que o homem plantar ceifará. Vem quando temos a consciência da misericórdia de Deus e que Ele está pronto a manifestá-la sobre nós. Se na ira Ele cria as feridas, na misericórdia Ele as cura.(Oseias 6.1)
Sem arrependimento não acontece avivamento. Uma igreja onde acontecem grandes festas com muito barulho, gritos, palmas e danças não é a prova de um avivamento. Entretanto, quando vidas se convertem arrependidas de seus pecados, aí sim, vemos pessoas que estavam mortas sendo restauradas à vida (Colossenses 1.13).
O Avivamento Sincero traz Arrependimento!
Conclusão
Habacuque viveu em meio a um povo que estava morto espiritualmente, por isso sentiu necessidade de um avivamento. Colocou-se na torre de vigia, escreveu para que todos soubessem e esperou no Senhor por uma mudança na realidade espiritual de seu povo. Se você está em meio a pessoas amortecidas espiritualmente, seja um profeta do avivamento. Não declare a morte da igreja, como quem dá um atestado de óbito, mas seja um proclamador de boas novas.

Habacuque 3.17,18 “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação”.

Habacuque aprendeu a confiar em Deus independente das circunstâncias.
Quando acontece um genuíno avivamento, as pessoas se tornam mais dedicadas a Deus e mais espirituais. O fruto do Espírito não faz de nós pessoas arrogantes e cheias de si, mas produz “fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5.23). A perseverança é uma condição para receber o avivamento do Espírito Santo (Lucas 24.49).
Deus quer te usar para um avivamento! Amém..

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br