"Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou." Romanos 8:37

Pr. João Carlos

Pastor Auxiliar

bootstrap modal form

CONHECENDO NOSSOS ADVERSÁRIOS

Doze espias foram enviados por Moisés para reconhecer a terra, por orientação do Senhor (Nm 13.2). Deus sabia exatamente o que esperava pelo povo, na terra prometida. Havia pela frente muitos gigantes, povos bárbaros, porém para a grande conquista era necessário também uma grande luta. O povo não deveria temer, pois a guerra era de Deus, o próprio Senhor garantiria o povo, mesmo assim Deus ordena que se enviem espias para reconhecer a terra.  
Para entrar em batalha, o povo precisou reconhecer exatamente quais seriam os tipos de ameaças que deveriam enfrentar:

• Qual o povo que habitava na terra e suas características como guerreiros (se eram fortes ou fracos) ;

• A quantidade (pouco ou muito) ;

• A qualidade da terra de habitação do adversário ;

• Se os adversários habitavam em arraiais ou em fortalezas ;

• Se a terra é fértil ou não (Se há árvores ou não) .
                                                                                                                                                   

Muitos crentes assumem o ministério de Batalha Espiritual como se fosse uma responsabilidade dele mesmo. Não é, somos apenas instrumentos nas mãos de Deus. A Batalha é do Senhor. O motivo de crentes desistirem do ministério, ou fracassarem na fé, é justamente por isso. Eles querem ver resultados imediatos, e querem fazer de seu jeito. Somos guerreiros, soldados, e devemos estar sob a direção do Grande General de Guerra, para que possamos ter grandes vitórias.

Estamos vivendo uma batalha espiritual, e devemos conhecer os nossos inimigos e suas artimanhas para podermos neutralizar as suas estratégias e assim podermos vencer esta guerra e alcançar a Salvação e a vida eterna.

Eu não posso nunca confrontar o meu adversário se eu não souber com que eu estou lutando, precisamos sempre estar com nossos olhos focados em nossos inimigos, para saber e analisar em como vencê-los ou derrotá-los! (Atos 19.13-16)

A igreja de Cristo tem sido muito confrontada por três inimigos muito potentes, que tem derrubado e paralisado muitos cristãos na casa do Senhor.

1. O MUNDO
2. A CARNE
3. SATANÁS

A pergunta é como vencê-los?
Mas a resposta é: “Primeiro conhecer, para depois vencer!”.
1º inimigo
O Mundo – A Bíblia ensina que não devemos amar ao mundo, pois ser amigo do mundo é ser "inimigo de Deus" (Tiago 4:4). O mundo é todo esse sistema de valores que domina a sociedade e muitos deles são contrários à vontade de Deus. O mundo que não devemos amar é o "modo de vida" sem regras e cheio de pecados, que incentiva a ganância, o egoísmo, a força, a ambição e o prazer acima de tudo. O cristão temente a Deus deve sempre vigiar para não ser envolvido por estes sentimentos carnais e deixar os valores espirituais em segundo plano. Amar o mundo corrompe nossa comunhão com Deus e leva-nos a destruição espiritual. Quantas pessoas deixam de ir à igreja ou em uma reunião em um lar para não perderem um capítulo de uma novela, quantas pessoas sabem de cor e salteado o enredo de uma novela, mas, não conhecem a palavra de Deus? Quantos se dedicam mais a sua vida social e/ou profissional do que a obra de Deus?

Muitos perdem esta batalha contra o mundo por buscarem no próprio mundo soluções para seus conflitos diários, e o diabo tem usado este laço para desviar muitos da verdade oferecendo “soluções práticas” para nos levar cada vez mais longe de Deus.
E como vencer este inimigo?

1º Não se conformar com este mundo – Romanos cap.12 vs.2
A igreja precisa ter uma mentalidade inconformada com este sistema maligno deste mundo, para poder viver a boa, agradável e perfeita vontade de Deus!
2º Estar debaixo das asas de Deus – Salmos 91 vs.1 ao 7
A igreja precisa caminhar debaixo das asas do Senhor, pois só assim teremos proteção e a cobertura especial, contra as ações deste mundo!
3º Caminhar em todo o tempo com Cristo – Romanos cap.8 vs.37
A igreja precisa entender que quando ela caminha com Cristo, ela tem a convicção que o mundo e este sistema não mais a domina, pois por intermédio de Jesus, nós o Vencemos!
“Eu preciso andar na contra mão do sistema!”
2º inimigo
A Carne – A "carne" é a nossa natureza humana com sua tendência natural ao pecado. A carne refere-se à nossa natureza caída (às vezes chamada de "velho homem"), que surgiu desde a desobediência de Adão e Eva. A Bíblia diz que todos nós nascemos com o coração inclinado a pecar, e que essa tendência a fazer o mal estará conosco enquanto vivermos aqui. Todo cristão possui duas naturezas: a nova vida que ele recebeu quando aceitou a Cristo, e a velha natureza pecaminosa chamada de "carne".

A nova natureza é controlada pelo Espírito Santo, mas a natureza antiga é caracterizada por seus desejos pecaminosos. Quando a nova natureza sem pecado é colocada ao lado da antiga natureza depravada, começa então a luta do espírito contra a carne. Mesmo as nossas melhores atitudes podem ser contaminadas pelo egoísmo e orgulho, e dessa forma essas atitudes passam a ser algo carnal. Por exemplo: podemos orar para impressionar alguém com a nossa “espiritualidade”, fazer uma doação para ser aplaudido pelas pessoas, pregar sobre a Bíblia para ser elogiado pelos outros, etc. Enfim, se as nossas atitudes forem egoístas, elas não agradarão a Deus.

A natureza carnal, de fato, pode nos levar a cometer os piores pecados. Muitas vezes, a carne tentará nos impedir de buscar a Deus em oração, de ler a Bíblia, de fazer o bem, pois ela busca somente as coisas terrenas e não as do Alto.

E como podemos vencer a carne? Precisamos aprender a dizer "não" aos nossos desejos pecaminosos e tomarmos a decisão de obedecer a Palavra de Deus. Veja o que está escrito em Romanos 6:11,12: "(...) Considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos."

Em Gálatas 5:25 também diz que devemos "andar no Espírito". Ou seja, devemos permitir que o Espírito Santo governe a nossa maneira de viver, de falar, de pensar, de agir, para que cumpramos a vontade de Deus para nossas vidas .

Temos que encarar uma coisa, que a nossa natureza carnal, sempre será alvejada pelo diabo...então tome muito cuidado isso!
3º inimigo
Satanás – Esta palavra no hebraico significa literalmente “Adversário”, e este inimigo tem sido o grande responsável pelas derrotas do homem e o mal no mundo.

Porque ele é inimigo de Deus e nosso inimigo?
De Deus, porque o seu plano orgulhoso era de ser adorado igual a Deus e ter um trono acima do de Deus, mas foi frustrado e ele foi expulso do céu por causa de sua soberba.
Nosso inimigo, porque fomos feito a imagem e semelhança de Deus e temos em nós o DNA do nosso Pai celestial.
Satanás é o comandante de um grande exército de demônios que se opõem a Deus e que tentam derrotar aqueles que aceitaram a salvação em Jesus. A Bíblia descreve Satanás como o ladrão, acusador, adversário, pai da mentira, príncipe da maldade, etc. Ele é inteligente e fará de tudo para nos afastar de Deus, mas não pense que seus ataques são da forma que você imagina. Geralmente eles são sutis e astutos. E não acredite naquela história que o diabo é um monstro vermelho com chifres - lembre-se que ele era um arcanjo de luz, um dos mais belos.
Satanás usará as distrações do mundo e o apelo da carne (os dois primeiros inimigos) para tentar nos desviar dos caminhos de Deus. Uma de suas técnicas prediletas é trazer desânimo, decepção, incredulidade, tudo para que deixemos de confiar nas promessas de Deus.
E como podemos vencer o diabo? Se revestindo do poder de Deus e de toda a sua armadura – Efésios cap.6 vs.10 ao 13. Cingidos com a verdade, a couraça da justiça, os calçados da preparação do evangelho, o escudo da fé, o capacete da salvação e a espada do Espírito que é a palavra de Deus.

Nestes versículos Paulo compara o cristão com um soldado romano, que ao ir para a guerra se preparava com suas armaduras e com suas armas, assim devemos agir, pois a palavra de Deus em Romanos 16:20 nos diz: “E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo de vossos pés.”

Precisamos compreender o que diz em 1º Pedro cap.5 vs.8, que o diabo está em derredor como um leão que ruge e se dermos alguma brecha com certeza ele estará ali para se aproveitar dela.
Precisamos buscar a Deus e tomarmos uma posição firme contra ele. Em Tiago 4:7 está escrito: “Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês.” Isso só é possível quando você decide obedecer o que está escrito na Bíblia e ter uma vida de oração.
Você tem autoridade para vencer esses inimigos!

Felizmente, não estamos sozinhos nesta guerra, temos um aliado muito mais poderoso que os nossos temíveis oponentes – Deus! 1º João cap.4 vs.4 – Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do aquele que está no mundo. Estes são os três inimigos da vida cristã: o mundo, a carne e o diabo. Devemos renunciar cada um deles se quisermos agradar ao Senhor, recusando ser guiados pelos padrões do mundo, negando os desejos da nossa carne e resistindo ao diabo com a armadura de Deus.
Que a graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com vós todos. Amém.
Perguntas para célula.
1.Quem tem ganhado mais sua atenção, as programações do mundo ou de Deus?
2.Quantas vezes você para durante o dia para conversar com Deus?
Pensar nas coisas de Deus?
3.Você tem atendido mais quem, a vontade de Deus ou a sua vontade para satisfazer seus desejos?

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Endereço

Rua Protázio Garcia Leal, 1137 
Três Lagoas - MS

Contato

Email: secretaria@luterana3lagoas.com.br